Página ‘Um Sábado Qualquer’ é hackeada e excluída do Facebook

Facebook
A página ‘Um Sábado Qualquer’, do quadrinista Carlos Ruas, foi hackeada e deletada do Facebook anteontem.

Criada há oito anos pelo quadrinista niteroiense Carlos Ruas, a página Um Sábado Qualquer reúne cerca de 2.8 milhões de seguidores no Facebook. Tantos anos de trabalho reconhecido pelo público quase foram apagados na terça-feira (27), quando a página foi apagada da rede social. Hackers invadiram a conta de Ruas e deletaram a página onde ele divulgava seu trabalho. Através de uma publicação em seu perfil pessoal Carlos Ruas explicou a situação a seus seguidores.

Como não tenho mais a página, vou divulgar aqui no perfil pessoal. Fiquem a vontade para compartilhar, o backup do facebook não dura muito e precisamos fazer com que ele veja esse vídeo.

Publicado por Carlos Ruas em Segunda, 26 de março de 2018

O hacker buscou Ruas se passando por uma pessoa interessada em anunciar em sua página. Tudo parecia dentro da conformidade até que um link que aparentava ser do próprio Facebook foi enviado a ele para que se cadastrasse. Todo o contato e a informação pareciam reais. depois deste link o perfil da pessoa que negociava com ele foi deletado, e após alguns minutos sua página também foi deletada.

Ontem (28) Carlos Ruas voltou as redes sociais para informar que o Facebook havia respondido a um contato que ele fez.  Segundo ele o Facebook estaria em processo de recuperar a página. A recuperação está pendente apenas do envio de alguns documentos. Como no momento ele está na França o processo deve demorar um pouco mais que o esperado. Até o momento não se sabe quem está pro traz do ocorrido.

ATUALIZANDO:- O face me enviou um documento para eu reconhecer firma e enviar de volta a eles. O problema é que estou na França de férias, reconhecer firma aqui só no consulado, você entra em uma fila virtual de 2 meses (pior momento pra hackearem minha página :/). Caso seja urgência, deve acordar de madrugada e enfrentar uma fila enorme para tentar ser encaixado em uma desistência, foi o que eu fiz. Na fila conheci varias pessoas interessantes, que largaram o Brasil para tentar a sorte na Europa, muitas voltando pela 6° vez para ver se conseguia atendimento, me falaram que eu tive sorte em ser atendido por causa da chuva. Bem, a notícia boa é que consegui reconhecer firma e já mandei pro face! Agora é com eles. Torçam para que dê tudo certo e eles possam voltar com a página!Ah, os funcionários do consulado são muito gentis e me atenderam com muito carinho, só o sistema atual que deixa a desejar.

Publicado por Carlos Ruas em Quarta-feira, 28 de março de 2018

Aline Costa

Professora que flutua entre as Letras e a História, Maga em Azeroth a serviço da Aliança e na hora vagas curte um Hearthstone. Gosta muito de seriados e livros, e tem uma leve queda por literatura fantástica e épica.