Trump vai se reunir com a indústria de jogos (que não sabia de nada)

Jogos, News

O presidente Trommpa Loompa Trump irá se encontrar com executivos da indústria de games para falar sobre jogos violentos; como reação ao tiroteio do mês passado na Flórida que deixou 17 mortos. (porque obviamente a culpa são dos jogos e não do fato que comprar armas lá é mais fácil que comprar sorvete na praia)

Em uma coletiva de imprensa hoje a tarde foi perguntado sobre a política do Presidente em relação a armas. A secretária de imprensa da Casa Branca Sarah Sanders respondeu que ele irá se encontrar com “membros da indústria de jogos para ver o que eles podem fazer”. (por que realmente a culpa está em jogar Call of Duty ou qualquer outro jogo do gênero).

Entretanto não se sabe quem Trump planeja planeja encontrar, pois a ESA (Associação de Software de Entretenimento) e as companhias que fazem parte dela não receberam nenhum convite para encontrar com o Presidente que como sempre-não-faz-a-mínima-ideia-do-que-está-fazendo.

A  ESA emitiu uma nota dizendo que “os mesmos jogos que são jogados nos EUA são jogados no resto do mundo; porém o nível de violência por armas nos EUA é  exponencialmente maior que em outros países”. (o que qualquer pessoa que tenha acesso a internet sabe)

A nota segue dizendo que várias autoridades examinaram a literatura científica e não encontraram nenhuma relação entre conteúdo de mídia e violência na vida real.

 

 

 

Celina Campos

Médica, viciada em livros, filmes, séries, jogos e mangá.