Vende se esta casa filme

Vende-se esta Casa da Netflix é uma verdadeira aula de como NÃO fazer cinema

Featured, Filmes, Internet, Lançamento, netflix
A Netflix tem investido em conteúdo original tem pouco tempo, mas as produções não estavam indo nada mal, séries que se consagraram como 13 Reasons Why, Sense 8 (injustamente cancelada), as séries da Marvel e Desventuras em Serie são exemplos de produções preocupadas com a qualidade do roteiro, direção e casting, o que não acontece em Vende-se esta Casa (Open House no original).

obs: contém spoilers para te livrar do tormento que é ver este filme.

O longa  escrito e dirigido por Matt Angel, que também conta com Suzanne Coote na direção, narra a história de Logan Wallace ( interpretado por Dylan Minnette de  13 Reasons Why) e Naomi Wallace (Piercey Dalton que interpretou Eve em Chocolate),  que após a trágica morte do seu pai Brian Wallace, acabam se mudando temporariamente para a casa de campo da irmã de Naomi até ela se reerguer, pois seu marido não deixou nada para eles ( literalmente nada, pois não tinham nenhum bem, nenhum dinheiro guardado mas também não deixou um centavo de dívida), mas há um porém, a casa está à venda e eles precisam sair da casa nos dias em que há visitações para que não influenciem ou atrapalhem eventuais compradores em potencial.

O filme tem um ritmo aceitável no início, apresentando os personagens, mostra um filho lidando com seu luto, mas a mãe parece não se ater muito à dor em perder o marido e muito menos no trauma deixado no filho que presenciou o trágico acontecimento, fato que poderia ser melhor explorado no filme em detrimento de alguns acontecimentos, porém é só mais uma das falhas narrativas e da construção dos personagens.

Vende se esta casa filme

O roteiro nos leva a crer que será um longa de terror sobrenatural, pois uma espécie de aparição surge na estrada enquanto mãe e filho dirigem em direção à sua nova moradia temporária, além da simpática e excêntrica Martha, uma senhora que vive na região que misteriosamente sabe exatamente onde os Wallace estão, outro personagem pouco trabalhado, sem exploração de sua origem e tampouco sua significância na trama, o que poderia muito bem ter ocorrido durante os mais de 80 minutos de filme.

Vende-se esta Casa segue todos os clichês dos filmes de suspense/terror, com tentativas frustradas de assustar o espectador com aparições repentinas, cenários pseudo-assustadores aliado à trilha sonora repetitivamente óbvia, seguindo um crescente antecipando alguma cena de susto que no final não se concretiza. Este tipo de filme sempre seguiu o padrão dos protagonistas, ou personagens secundários tomarem decisões equivocadas que acarretam em suas mortes ou cenas de puro terror, mas a única decisão equivocada foi a existência deste filme. Cenas e situações que fazem o filme se arrastar desnecessariamente, sem levar a trama a lugar algum, personagens completamente descartáveis e situações tão absurdas de idiotas que tiram qualquer possibilidade de causar qualquer tipo de ansiedade no espectador, muito pelo contrário, chega a causar repulsa. Em uma cena onde o vilão da história mata um personagem secundário extremamente irrelevante, ele corta a linha telefônica e tira o chip do celular de Brian, ao invés de ambos tentarem simplesmente jogar o corpo para fora do carro e saírem daquele lugar o mais rápido possível eles tentam ligar para a polícia que horas antes haviam ignorado sumariamente os protagonistas quando a residência foi invadida, quando Brian tenta ligar pelo celular ele vê que não tem o cartão sim e simplesmente desiste e sai correndo atrás de sua mãe que grita por socorro do porão, vale ressaltar que o modo de emergência funciona SEM O SIM CARD!!!

A falta de criatividade para fechar os arcos da história beira a preguiça e vai ficando cada vez mais insuportável seguir em frente. Ao  socorrer a sua mãe, carregando em suas mãos uma faca de cozinha ele acidentalmente dá uma punhalada no abdômen “no susto” e a mulher morre instantaneamente, sem sangue nem nada, ela simplesmente morre e ele sai correndo para salvar a sua vida com zero de trauma, o assassino misterioso consegue pegar o rapaz, tira suas lentes de contato ( informação que deveria ser importante, pois dá a entender que ele conhece suas vítimas, poderia ser alguém próximo), e ele só faz isso, deixa o menino “cego” para somente nos últimos momentos em uma cena onde aparentemente o pior já passou e o rapaz conseguiu se livrar de seu perseguidor ele é encontrado e morto pelo assassino e FIM literalmente.

Vende-se esta Casa é aquele tipo de filme mal produzido, mal escrito e mal dirigido, mesmo com atores tentando fazer o seu melhor para dar o mínimo de profundidade aos personagens, são 83 minutos arrastados com sub plot que não leva a lugar algum pois eles também surgem de lugar nenhum, cenas que deveriam causar tensão mas o único sentimento que eles conseguem despertar é vergonha alheia e revolta por ter se dado ao trabalho de selecionar o filme e apertar o play.

Luciano Julio

Professor, pseudo PC Gamer e ex jogador de RPG, escreve uns textos e grava uns vídeos mas na verdade mesmo só quer mesmo é dormir e perder a pança.

Share on Facebook23Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on VKShare on LinkedIn0Pin on Pinterest0Share on Tumblr0Share on Reddit0Email this to someoneBuffer this pageFlattr the authorShare on Yummly0Share on StumbleUpon0Digg thisPrint this page