COD WWII

Análise :Call of Dutty WWII, os horrores gloriosos da guerra

Análise

Quando anunciado que o próximo COD seria na Segunda Guerra Mundial eu fiquei meio com o pé atrás, pois a minha experiência com outro jogo de guerra não foi lá aquelas coisas, porém estava incrivelmente errado.

CAll of Dutty: WW II segue os padrões dos outros jogos da franquia, um modo história, o multiplayer e o modo zumbi ( Zombie Nazis!!!!). A versão que recebemos da Actvision para teste foi para PC, nesta versão o modo offline e o online são dois jogos e duas instalações completamente diferentes, possibilitando que o jogador que curte só o modo online não precise ocupar espaço em seu HD baixando o modo história e vise versa, que eu achei algo muito inteligente ( não sei se os COD anteriores seguiam o mesmo padrão pois só joguei para PS3 e PS4). O cuidado dos desenvolvedores foi tão grande que contrataram um historiador especializado em Segunda Guerra para fazer consultoria, além da equipe visitar os lugares onde ocorreram os confrontos, armas e transportes, tudo para deixar o jogo mais fiel possível..

Call Of Dutty World War II se passa após os eventos que motivaram a entrada oficial dos Estados Unidos no confronto ( após o ataque japonês ao posto avançado de   Pearl Harbor -Avaí 7/12/1941), mais exatamente no icônico Dia D quando os Aliados organizaram uma gigantesca ofensiva para retomar a França a partir da Normandia (noroeste da França) e eliminar de vez os avanços das forças do Eixo ( formadas por Alemanha, Japão e Itália).

A história se passa ao redor do soldado Ronald “Red”Daniels ( na verdade jogamos com ele) e seu esquadrão formado por Turner, Zussman e Pierson. COD WWII é um jogo que diferente de muitos FPS que o foco é o modo multiplayer competitivo, o modo história vale uma atenção especial, primeiro pela construção dos personagens, normalmente em um FPS a narrativa não deixa que se crie laços com os personagens, seja o protagonista ou os coadjuvantes, o que não é o nosso caso. Construir a história dos personagens desde a sua partida para enfrentar os horrores da guerra e o sentimento de irmandade de cada batalhão me faz lembrar a icônica série da HBO, o Band of Brothers, e uma coisa o jogo mostra com maestria.

Call of Dutty WWI

Iniciar o jogo na invasão à Normandia parece ser simples e tranquilo, é só desembarcar do anfíbio e correr feito um maluco até o outro lado certo? ERRADO! a parte mais difícil do jogo é o início dele, correr por uma tormenta de balas e morteiros foi a coisa mais tensa que eu já fiz jogando FPS, e a não é só isso, ver seus companheiros morrendo ao seu lado é algo bem pesado, pois os desenvolvedores não colocaram alguns npc’s ali só para morrer e ponto final, eles se deram ao trabalho de nomear cada um deles para que o jogador sinta o peso de cada morte, de cada ferido e que você certamente vai morrer uma porrada de vezes! Esta parte do jogo é fundamental para as pessoas entenderem os horrores da guerra, que milhares de vidas são perdidas instantaneamente e que não é nada bonito e muito menos glorioso, o jogo mostra explicitamente os estragos que um tiro ou um morteiro é capaz de fazer no corpo humano, por isso espere por cenas fortes e sangrentas.

Durante a campanha o jogador é levado para os principais combates durante a investida dos Aliados em direção à Berlin, aqui vai uma curiosidade. Havia uma certa disputa entre os EUA e URSS para chegar primeiro em Berlin, pois seria uma “demonstração de força militar, além de sair como o grande herói do confronto, então era os EUA, Inglaterra e agora Itália pelo fronte Ocidental e a União Soviética avançando pelo fronte Oriental.

COD WWII

 

 

Conforme a história vai avançando o jogador é apresentado à resistência francesa, que anseia pela expulsão dos nazistas e principalmente por vingança. O jogo nos entrega batalhas épicas com direito a muitos caças para te auxiliar no momento mais difícil, além de poder pilotar um desses, além dos tanques de guerra, vale uma grande ressalva para os detalhes dos Panzers, famosos tanques de guerra alemães que eram praticamente indestrutíveis e  ágeis em batalha.

A história foi construída e narrada para ser um belo filme sobre a segunda guerra, pela primeira vez em muitos anos eu pude sentir aquilo que o protagonista queria demonstrar, raiva, medo, frustração e em certos momentos alívio, ter um esquadrão sempre a postos para lhe entregar suprimentos básicos para se recuperar e reabastecer a munição foi uma jogada genial, tirando o sistema padrão da maioria dos jogos que basta você ficar parado e se esconder que sua barra de vida volta ao lugar.

O jogo não quer e não romantiza o confronto, ele mostra todos os horrores da guerra e como ela afeta a vida de pessoas simples, como meros fazendeiros acabam virando soldados, como milhares de vidas foram ceifadas e como o ser humano pode ser cruel. O gran finale que me deixou com os olhos marejados foi a apresentação dos campos de concentração, não há ação, não há tiros, só um silêncio mórbido e uma sensação terrível de que algo muito cruel acontecera ali, a descoberta dos soldados mostra que de o mundo não sabia da existência daquela monstruosidade, ou que os superiores simplesmente fecharam os olhos para aquilo.

A direção de arte e fotografia do jogo é sem exagero algum algo digno de Hollywood, e os roteiristas não se deram ao trabalho de esconder a influência de dois clássicos da Segunda Guerra Mundial, tanto o premiado “O Resgate do Soldado Ryan e Band of Brothers exibido no canal pago HBO.  Para aqueles que amam história este jogo é uma verdadeira obra de arte praticamente indefectível. O modo história tem cerca de 6 horas de duração, o que é algo relativamente longo para um jogo deste porte, pois o seu foco é o multiplayer.

 

Falando em multiplayer, COD WWII segue com os seus modos já consagrados e a adição do modo Guerra, sua equipe tem ordens específicas a serem seguidas, e missão dada é missão cumprida soldado! Ainda falando em novidades o Quartel General é o local onde você pode “socializar”enquanto aguarda o início de uma partida , onde é possível trocar moedas por loot box, adquirir personalizações cosméticas para seu equipamento.

E claro que não podemos deixar o modo Zumbi de fora, o jogo pode ser local ou online, matar nazista já dava um sensação de justiça e liberdade, agora matar zumbis nazistas deixa as coisas um pouco mais interessantes, mas não se esqueça que para começar a brincar de matar zumbis com os seus amigos primeiro você deve concluir um pequeno modo história.

Call of Dutty: World War II é um dos melhores jogos de tiro já produzidos nos últimos 10 anos, não só a sua narrativa, mas toda a produção, desde os efeitos sonoros, sombras, níveis de dificuldade e jogabilidade fazem deste jogo na humilde opinião deste que vos escreve um jogo que já nasceu como um clássico, indispensável para qualquer jogador de FPS e aficionados por história.

COD WWII está disponível para PS4, XBOX One e PC

 

 

Luciano Julio

Professor, pseudo PC Gamer e ex jogador de RPG, escreve uns textos e grava uns vídeos mas na verdade mesmo só quer mesmo é dormir e perder a pança.