Seasons After Fall Análise: Controle as estações no console!

Análise

Seasons After Fall é um jogo que pode ser conhecido por ser lançado para PC. Porém, hoje, 16, ele está sendo lançado para Xbox One e PlayStation 4.

Desenvolvido pela Swing Swing Submarine e publicado pela Focus Home Interactive, eles nos enviaram uma key para avaliarmos o jogo.

Enredo

Seasons

O enredo do jogo parece muito simples, você é uma bola de energia que controla, mais pra frente, uma raposa. O objetivo, é simples, conseguir todas as estações do ano, que estão seguras com seus guardiões, para realizarem o ritual.

O jogo inicia podendo jogar com a Little Seed, ou, em tradução livre, Pequena Semente. Mas, à medida que o jogo vai desenvolvendo, você descobre que a semente também vai evoluindo.

Contar o final seria estragar a emoção de descobrir o que é amadurecer à medida que o jogo vai evoluindo.

Mecânica

seasons

Tenho que deixar um tópico exclusivo pra falar da mecânica de mudança de estações.

Mas como esse jogo é bonito, e a trilha sonora casa muito bem com cada ambiente. As trocas de estação não só proporcionam auxílio a resolver os puzzles da fase, proporcionam uma sensação de bem estar.

Após coletarmos os quatro fragmentos das estações, nossa semente ainda não está pronta. Algo rola, e o guardião que é um Urso, acorda, e percebe algo estranho na floresta.

A partir desse momento, o jogo mescla-se com puzzles de todas as estações para poder mostrar ao Urso o que aconteceu.

Mas poxa, vale a pena?

seasons

É claro que o jogo demora um pouco para entrar no clima. Porém, se você for até o fim de coletar as 4 estações, o jogo irá te dar uma recompensa, que tem a ver com a história por trás da Floresta.

O jogo é realmente muito interessante e o final vale o esforço pra descobrir. Levando em conta que existe um sonho final a ser sonhado.

Seassons me faz lembrar o quanto vale a pena ter em mãos um metroidvania, ou um adventure 2,5D, por assim dizer. Ele me traz a tona jogos como Ori and The Blind Forest e Hollow Knight, mas claro, com suas particularidades e complexidades.

No fim das contas, Seassons After Fall vale o preço, vale o final, vale a experiência.

Matheus Bigogno
Estudante do curso superior de Jogos Digitais. Começou como estudante de Ciência da Computação, mas sempre soube que sua vida iria envolver jogos de alguma forma. Amante de quadrinhos, principalmente a linha da Vertigo, seriados, e filmes. Ama a cultura pop, nerd, e geek. Fã de um bom Rock Progressivo, ama bandas como Pink Floyd, Genesis, Rush e Jethro Tull. Escreve em blogs desde 2010, sempre gostou do formato e de tudo que envolve essa arte. Gosta de escrever sobre tudo: a vida, o Universo e tudo mais.
Share on Facebook3Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on VKShare on LinkedIn0Pin on Pinterest0Share on Tumblr0Share on Reddit0Email this to someoneBuffer this pageFlattr the authorShare on Yummly0Share on StumbleUpon0Digg thisPrint this page