Hitbox e Azubu completam integração de plataformas e-Sports fora da Ásia

E-Sports

A integração das plataformas e a fusão corporativa de transmissão online de videos em tempo real, Hitbox e Azubu,  acaba de ser concluída e o resultado é a Smashcast, e virou a maior empresa independente de transmissão de games e e-Sports fora da Ásia.

A Smashcast, que surge como forte concorrente para o Twitch, já está fazendo transmissões ao vivo com centenas de broadcasters, entusiastas de games e milhões de espectadores ativos pelo site. A nova plataforma também está disponível para download gratuito na App Store e no Google Play como Smashcast e todo o tráfego que era destinado a www.hitbox.tv/ ou www.azubu.tv/ está sendo redirecionado para a Smashcast. Já as atualizações para dispositivos móveis serão automaticamente redefinidas para a nova plataforma e seu conjunto de recursos.

Além de um visual diferente e mais acessível, a Smashcast também está lançando um recurso de engajamento do espectador chamado de Hype-O-Meter, que foi criado para permitir que os fãs de e-Sports torçam por suas equipes favoritas durante os torneios e aproxime ainda mais a relação entre os streamers e sua comunidade.

“Estamos muito felizes em anunciar a conclusão da fusão entre Hitbox e Azubu, juntamente com o lançamento do novo nome da empresa e a nova  marca Smashcast”, disse Mike McGarvey, CEO da Smashcast. “O novo recurso de cheering para o engajamento de espectadores é apenas o primeiro passo em nossa visão de longo prazo para criar a melhor experiência de livestreaming para o espectador de e-Sports e jogos competitivos”.

Hoje, a Smashcast anuncia também o lançamento de  um estúdio de produção de conteúdo de última geração em Viena, na Áustria, fundamental para a estratégia da empresa de se integrar mais plenamente dentro do universo dos e-Sports e jogos competitivos e garantir que tanto  sua tecnologia como o fluxo de conteúdo no serviço sejam da mais alta qualidade possível.

“A nova unidade de produção de Viena é um passo importante para nós, garantindo a qualidade do suporte que fornecemos aos nossos parceiros de streaming e publicação”, comentou Martin Klimscha, da Smashcast Europa. “Queremos assegurar que nos diferenciamos dos nossos concorrentes não apenas por nossa plataforma e excelência tecnológica, que inclui o suporte total a 4k e 360 ​​VR, mas também pela qualidade do conteúdo em streaming”.

A nova organização Smashcast está preparada para monetizar os mais de 200 milhões de fãs de e-Sports, de novas e inovadoras formas. Considerando que hoje a publicidade representa 70% da receita, com assinaturas e doações em 15%, a companhia está direcionando novos produtos em marketing afiliado, publicidade interativa, vendas de bens virtuais, patrocínios e apostas em jogos para fechar a lacuna no ARPU (media de receita por usuário) entre o crescente mercado de e-Sports e outros mais tradicionais e profissionais como empresas desportivas em todo o mundo.

Com infraestrutura técnica e de serviços de menor custo e um pico mensal de usuários ativos em torno de 20 milhões em 2016, a empresa tem como alvo um crescimento significativo na audiência ativa por meio de uma combinação de 1) Experiência aprimorada do usuário de livestream para espectador; 2) conteúdo de alta qualidade produzido internamente; e 3) Soluções tecnológicas diferenciadas e de menor custo.

Matheus Bigogno
Estudante do curso superior de Jogos Digitais. Começou como estudante de Ciência da Computação, mas sempre soube que sua vida iria envolver jogos de alguma forma. Amante de quadrinhos, principalmente a linha da Vertigo, seriados, e filmes. Ama a cultura pop, nerd, e geek. Fã de um bom Rock Progressivo, ama bandas como Pink Floyd, Genesis, Rush e Jethro Tull. Escreve em blogs desde 2010, sempre gostou do formato e de tudo que envolve essa arte. Gosta de escrever sobre tudo: a vida, o Universo e tudo mais.
Share on Facebook3Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on VKShare on LinkedIn0Pin on Pinterest0Share on Tumblr0Share on Reddit0Email this to someoneBuffer this pageFlattr the authorShare on Yummly0Share on StumbleUpon0Digg thisPrint this page